Cirurgia Plástica / Cirurgia para aumento de Mama - Prótese Mamária

O QUE É A CIRURGIA PARA AUMENTO DE MAMA?

 

Também conhecida como mamoplastia de aumento, a cirurgia de aumento de mama utiliza implantes para dar volume aos seios ou restaurar o volume mamário perdido após perda de peso ou gravidez.
OBJETIVOS DA PROTESE DE MAMA:

 

Se você está insatisfeita com o tamanho da sua mama, a cirurgia de aumento de mama é uma opção a ser considerada. O aumento de mama pode:

• Aumentar o tamanho e projeção de seus seios,

• Melhorar o equilíbrio de seu corpo,

• Melhorar a sua autoestima e autoconfiança.

Os implantes também podem ser utilizados para reconstruir a mama após a mastectomia ou lesão.

O QUE A MAMOPLASTIA DE AUMENTO NÃO CORRIGE?

A mamoplastia de aumento não corrige seios severamente caídos. Se você deseja um resultado que corrija a flacidez, o procedimento de elevação da mama (mastopexia) pode ser realizado ao mesmo tempo que o aumento de mama ou, então, pode ser necessária uma segunda cirurgia. Seu cirurgião plástico irá ajudá-la a tomar esta decisão.

INDICAÇÕES:

A mamoplastia de aumento é um procedimento individualizado e você deve fazê-lo para si mesma, não para satisfazer a vontade de alguém ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

O aumento de mama pode ser uma boa opção para você se:

• Você estiver fisicamente saudável,

• Você tiver expectativas realistas,

• Seus seios estiverem totalmente desenvolvidos,

• Você estiver incomodada com a sensação de que seus seios são muito pequenos,

• Você estiver insatisfeita com seus seios devido à perda de forma e de volume após gravidez, perda de peso ou envelhecimento,

• Seus seios diferirem em tamanho ou forma,

• Uma ou ambas as mamas não se desenvolveram normalmente.

PREPARO PARA A CIRURGIA:

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

• Fazer exames laboratoriais ou avaliação médica,

• Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais,

• Fazer uma mamografia antes da cirurgia e outra após a cirurgia para ajudar a detectar quaisquer mudanças futuras no tecido mamário,

• Parar de fumar com, pelo menos, 4 semanas de antecedência à cirurgia,

• Evitar tomar aspirina, antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

COMO É REALIZADA A CIRURGIA?

Etapa 1 – Anestesia

Medicamentos são administrados para o seu conforto durante a cirurgia de aumento de mama. As opções incluem sedação intravenosa associada a peridural ou anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

Etapa 2 – Incisão

As incisões são feitas em áreas discretas para ajudar a minimizar a aparência da cicatriz. Você e seu cirurgião plástico irão discutir quais opções de incisão são apropriadas para o resultado que deseja. As opções de incisão incluem:

- Incisão inframamária,

- Incisão axilar,

- Incisão periareolar.

As incisões variam com o tipo de implante, o volume desejado, as particularidades anatômicas e a preferência do cirurgião.

Etapa 3 – A escolha dos implantes

O tamanho e a forma dos seios são importantes. Converse com seu cirurgião sobre suas expectativas. O tipo e o tamanho do implante serão determinados não apenas pelo seu desejo de aumento, mas, também, pela elasticidade da pele, anatomia e tipo físico.

Opções de implantes mamários

Implantes de silicone são preenchidos com gel coesivo. Estes implantes têm a textura muito parecida como o tecido natural da mama. Em caso de ruptura do implante, o gel pode permanecer no interior do invólucro. A ruptura de um implante de silicone não diminui a mama. Logo você deve consultar seu cirurgião plástico regularmente para garantir que os implantes estejam em condições normais. Exame de ultrassom ou de ressonância magnética podem avaliar a condição do implante mamário.

CONSIDERAÇÕES:

A decisão de se submeter à cirurgia de aumento de mama é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios estarão de acordo com seus objetivos e se os riscos e possíveis complicações são aceitáveis.

• Não há garantia de que os implantes durem por toda a vida, podendo ser necessária a substituição de um ou de ambos os implantes,

• Gravidez, perda de peso e menopausa podem influenciar na aparência dos seios submetidos à cirurgia de aumento.

PÓS OPERATÓRIO:

Nas primeiras duas semanas de pós-operatório deve-se evitar esforços bem como movimentação excessiva. Esse é o período em que as mamas ficam mais inchadas. Atividades físicas leves podem ser retomadas após 4-6 semanas. Após esse período o edema deverá ter sido reduzido consideravelmente, tomando as mamas o novo formato determinado pelo implante. É comum haver uma perda temporária de sensibilidade na região dos mamilos. As sensações costumam retornar ao longo dos primeiros 6 meses após o procedimento.

RESULTADOS E PERSPECTIVAS:

É importante saber que os resultados da cirurgia de implante de mama não são permanentes e os mesmos podem exigir substituição ao longo da vida. Você deve fazer acompanhamento com seu cirurgião plástico para discutir mudanças em seus seios. Com o tempo, seus seios podem mudar devido ao envelhecimento, às oscilações de peso, a fatores hormonais e à gravidade. Se, depois de alguns anos, você se tornar insatisfeita com a aparência de seus seios, você pode optar por se submeter a um procedimento de lifting de mama ou troca.